Cuckold: definição e curiosidades

1 vote

O termo cuckold e sua definição são novos para muitas pessoas. E, para começar a compreender um pouco mais sobre ele, é importante, já de cara, entender que esse é um dos fetiches mais procurados pelos homens. Para se ter uma ideia, em um site de sexo para homens, essa foi a pesquisa que se manteve no número um em algumas regiões, como a Sul.
Pouca gente sabe, mas o dia 25 de abril é uma data comemorativa para os cornos

cuckold

Fonte: XVídeos/Reprodução

Mas, vamos primeiro para a definição de cuckold?

O termo, nada mais é do que sentir prazer em ser corno. Leva esse nome por uma adaptação da palavra em inglês cuckoo. Esse é um pássaro que aceita que a sua fêmea bote ovos em ninhos de outros machos. É considerado novo no meio pornográfico porque já teve outros nomes e agora que é conhecido dessa forma.

Porém, tome cuidado. Muitas pessoas acreditam que sentem esse prazer e o colocam em prática de muitas formas, como assistindo vídeos assim. Mas, quando o assunto é a vida real, as coisas ficam completamente diferentes. O cuckold é baseado em você estar ou não em uma relação, já que hoje a pessoa pode também estar sozinha e usar a imaginação, e estar disposto(a) a ter um relacionamento aberto. De forma que, não só se está ciente que é corno(a), como gosta da ideia. E até incentiva a outra pessoa em se relacionar com outras.

Que tal ler agora um pouco sobre mulheres para nunca esquecer?

O cuckold é um fetiche muito presente nas histórias dos contos eróticos.

Mitos e verdades sobre cuckold

Para quem conta com muitas dúvidas sobre como o cuckold funciona, a questão é como será combinado entre o casal.

Pode ser, por exemplo, que a pessoa sinta prazer em saber que uma saiu com a outra. Então, ela chega em casa e conta sobre o(a) amante e como as relações ocorreram. Em alguns casos, as pessoas inclusive reservam quartos de hotel, um ao lado do outro e então, um escuta tudo o que está ocorrendo naquele momento ali ao lado.

Em outros casos, quem sai grava e depois mostra ou apenas conta com muitos detalhes tudo sobre como as coisas aconteceram. Há quem prefira ver ao vivo ou até participar em alguns momentos. Lembrando que, quando se fala sobre cuckold, está se falando sobre pessoas dispostas a participar/fazer tal ato. Isso porque, muitas não aceitam e está tudo bem. Para dar certo, precisa ter o aceite de todas as partes envolvidas.

Quem é muito ciumento(a), por exemplo, dificilmente aceitará que as coisas ocorram dessa forma. Nesse caso, uma dica é usar apenas a imaginação, para contar histórias, fazer personagens e se divertir, mas, de uma forma mais de boa. Agora, se este é um fetiche que, só de pensar, já te deixou mal, esquece, ele não serve para você. E está tudo bem. Existem muitos outros que podem ser colocados em prática e te satisfarão.

Hoje, na internet, a questão está cada vez mais comum. Isso não quer dizer que está certo ou errado. Apenas que, muitas pessoas possuem prazer de tal forma e pronto. Não cabe a ninguém julgar a situação. Entende?

Entendendo mais sobre o fetiche

Cuckold fetiche

Fonte: Cuckold/Reprodução

Ainda sobre cuckold, há mais coisas importantes que precisam ser citadas. De modo geral, que não é uma coisa de sete cabeças a pessoa gostar de ser corna. É algo dela, pessoal. Inclusive, provavelmente existem muitos casais a sua volta que já colocam isso em prática e você nem sabe. O motivo é muito simples: por que eles falariam isso para outras pessoas, se muitas delas os julgariam?

As pessoas que tem o fetiche cuckold, possuem os perfis mais naturais que você pode imaginar. Apenas, na parte sexual, elas gostam daquele: “a mais”. Tem gente que sempre teve o fetiche, outros que o ganham em meio ao tempo e assim vai. O mais interessante é o quanto as pessoas realmente podem se surpreender com histórias como essas.

Sobre as características, os que gostam do fetiche, pelo menos na parte sexual, gostam de ser pisados ou ainda, que seus parceiros sejam desejados, tocados por outras pessoas. Como se fosse, por exemplo, um filme pornô.

Mas, lembre: não é um fetiche para todo mundo. Sendo assim, se Maria, Joana, Renata, Pedro gostam, não é por isso que você vai curtir também e se encaixar.

Em meio a isso, inclusive, surge uma outra questão: às vezes apenas ele ou ela gostam e querem a ideia e outra pessoa do relacionamento não. Nesse caso, o diálogo precisa SEMPRE se fazer presente. Principalmente porque, já pensou se um aceita forçado e depois a situação acaba com todo o relacionamento?

Uma decisão entre o casal precisa ser apoiada pelos dois e não apenas por uma das partes. Portanto, tenha isso em mente. E não esqueça que, é apenas um fetiche. Mas, que pode fazer com que as coisas sejam ainda melhores entre os dois. Ou não.

Criado em 12/09/2023 08:28
Compartilhe

Postagens Relacionadas

Casais FAMOSOS LGBTQIA+ Gay Casais FAMOSOS LGBTQIA+ A cada dia mais a comunidade LGBTQIA+ cresce e isso, provavelmente você já sabe. Mas o que talvez não saiba ainda, são quais são os casais LGBTQIA+ famosos. Quer saber quais são os...
Guia do sexo oral para eles: para cair de boca com confiança Contos Eróticos Guia do sexo oral para eles: para cair de boca com confiança Você se garante no sexo oral? Muitos homens podem responder de bate-pronto que sim, mas ela concorda? Vale dar uma olhada no nosso guia do sexo oral para eles, este post, que vai dar...
Pornô Lésbico: Os melhores vídeos de sexo lésbicas Lésbicas Pornô Lésbico: Os melhores vídeos de sexo lésbicas O pornô lésbico é um dos gêneros mais adorados, dessa forma, listamos os melhores vídeos da categoria Ver um pornô lésbico é o que há de mais excitante entre alguns homens....
Vibrador anal: conheça as possibilidades do objeto Curiosidades Vibrador anal: conheça as possibilidades do objeto Existem diferentes modelos que são perfeitos para proporcionar o prazer anal e o vibrador anal é um deles. Nesse artigo você vai conferir as possibilidades desse objeto. Com o vibrador...
Homofobia: Precisa ser criminalizada Gay Homofobia: Precisa ser criminalizada A homofobia é uma violação dos direitos humanos e fundamental de liberdade de expressão e singularidade. A homofobia como crime , passou a ser considerada dessa forma a partir de...
Livros eróticos: motivos para lê-los! Contos Eróticos Livros eróticos: motivos para lê-los! Os livros eróticos podem apimentar e muito a relação. Isso porque, o que pode ter neles, pode causar muitos arrepios e sensações prazerosas. Ainda mais para quem deseja...
mascote
Sites Porno: Xvídeos - Contos Eróticos - Xvideos - Porno - Filmes Porno - X vídeos - Videos Pornô
© 2007 - 2024 | Tela Erótica - Maior portal adulto do Brasil Sites Porno Brasileiro